Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Setembro, 2013

Assunção Esteves e Simone de Beauvoir, um paralelismo cuja lógica nos é desconhecida, mas a verdade é que a primeira a citar a segunda me leva à escrita. Melhor, leva-me a questionar se a primeira sabe que se deve ponderar se metáforas são apropriadas ou não em situações de tensão e sobretudo, se a metáfora em si não é ofensiva e despropositada pelos termos utilizados. As mesmas palavras não servem para todos as ocasiões nem se aplicam os mesmos sentidos.

Carrasco é um exemplo disso. Preocupa-me também a interpretação da primeira à citação utilizada “Não podemos deixar que os nossos carrascos nos dêem maus costumes” (que Simone de Beauvoir utilizou para se referir à opressão nazi sobre a população francesa), pois afirma “Significa que quando as pessoas nos perturbam não devemos dar atenção”.

As pessoas que se queixam do penoso trabalho levado a cabo por este governo que apenas sufoca mais a população sem fazer cortes relevantes nas suas próprias mordomias são os incómodos e os chatos… Sim, liberdade de expressão e espírito crítico, que maçada… Vamos todos comer e calar, pois coitados, os deputados e o governo estão lá de tão boa vontade a ajudar todos nós… Acho que devíamos pedir desculpa por achar que o comboio está desgovernado e temermos pelo nosso próprio futuro… Acho que devíamos pedir desculpa e ser democráticos ao protestar e mostrar a nossa indignação de uma forma minimamente civilizada, já que tão bons exemplos há neste mundo de outras formas de protesto… Preocupa-me também esta atitude de ignorar que nos perturba… Vamos apenas andar em frente e ignorar tudo o que nos rodeia, ignorar a realidade e continuar.

Parece-me insensibilidade, na melhor das hipóteses.  A interpretação da citação também me suscita algumas dúvidas, já que me parece algo mais na linha de não agir de determinada forma por influência de austeras terceiras pessoas. Sendo assim, acho que se aplicaria mais ao contrário, já que o governo ficaria melhor nessa posição, pois maus costumes têm sido aquilo com que mais nos presenteiam, e não só nos perturbam como têm sido quase carrascos para todo este país.

Irónico, no mínimo.

Anúncios

Read Full Post »